01 abril 2019

Resenha: Um Sedutor sem Coração - Lisa Kleypas

Editora: Arqueiro
Autor(a): Lisa Kleypas
Título Original: Cold-hearted rake
Série: Os Ravenels - Livro 1
Páginas: 320
Skoob  / Comprar

Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.
A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon.
Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois é impossível de negar.
Ao perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu?
Um sedutor sem coração inaugura a coleção Os Ravenels com uma narrativa elegante, romântica e voluptuosa que fará você prender o fôlego até o final.



“Um sedutor sem coração” é o primeiro livro da série de romance de época mais recente publicada da Lisa Kleypas, “ Os Ravenels”, composta a princípio de quatro livros no Brasil e publicado pela Editora Arqueiro.
Neste livro somos apresentados a Devon Ravenel, o mais jovem duque de Th, já que seu primo Theo faleceu numa queda de cavalo, deixando uma casa em ruinas, dívidas, uma jovem viúva, Kathleen, e suas três irmãs, Helen e as gêmeas, Pandora e Cassandra. Os planos do libertino Devon eram claros: se livrar da propriedade, das dívidas, da viúva de Theo e suas irmãs. O que ele não esperava era que encontraria uma mulher com a personalidade de um texugo irritado, - como citado no livro – que vai querer defender até o fim aquela terra que é lar de tantas pessoas e das irmãs de seu falecido marido.
Esse foi o primeiro romance de época que li este ano – eu não li nem dez livros esse ano, então não se surpreendam – e tinha que retornar a esse gênero que continuo amando com a minha autora favorita, Lisa Kleypas e relembrar o porquê de amar tanto o gênero. Li o livro em uma única tarde chuvosa de domingo e ri, torci, suspirei, sofri e terminei este livro já comprando o próximo, “Uma noiva pra Winter..”
Devon é aquele libertino que é o mais clássico e delicioso clichê desse gênero, mas desde o primeiro momento que ele conhece Kathleen, ele percebe que ela é diferente, ele se sente diferente. Obvio que existe aquela atração física e desejo comuns a esses casais, mas ele percebe que ela seria diferente, que com ela seria diferente.
Kathleen ainda sofre a perda recente de seu marido, se culpa e ainda tem receio que fique sem ter para onde ir com Devon querendo expulsar a todos. Como todas as protagonistas de Lisa Kleypas, Kathleen é forte, decidida, ousada dentro de sua personalidade. Se preocupa com todos ao seu redor, é destemida na medida e aos poucos cede aos encantos, sedução e sentimentos por Devon.
O relacionamento deles é ardente, divertido, repleto de diálogos ágeis e sedução. É aquela delicia de ler e você vibra com cada evolução dos dois e como o relacionamento se constrói, como ambos mudam ao longo da trama.
Uma característica comum aos livros da Lisa Kleypas e em “ Um sedutor sem coração” não seria diferente é a participação ativa dos personagens secundários. O irmão de Devon, West, é outro personagem que vemos evoluir na trama e torço por um livro dele na série. As gêmeas são jovens, divertidas e donas das cenas mais engraçadas do livro, acredito que seus livros serão sensacionais pelas duas personalidades serem tão diferentes, principalmente Pandora que me lembrou em muita coisa a protagonista mais jovem dos Hathaways, .........
Em linha com todas as características da autora, temos o próximo romance da série “ Uma noiva para ...” sendo introduzido neste livro, então temos vislumbres desse romance e nossas expectativas aumentadas com o final que a autora dá a essa trama secundária.
“Um sedutor sem coração” era exatamente o que precisava para retornar aos romances de época: humor, romance, diversão, suspiros, risos e alegria. Lisa Kleypas firmou seu lugar ainda mais no meu coração como minha autora favorita de romances de época com sua narrativa que é romântica, sensual, divertida e traz profundidade na medida para o gênero. A capa da Editora Arqueiro é bonita e sua diagramação segue em linha com os demais romances de época da editora.
“ Um sedutor sem coração” ganhou espaço em meu coração de leitora pela leveza, alegria, diversão e por ser um romance com uma dose de tudo que amamos: transformação, sedução e redenção.


Se vocês gostaram desse post, compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário aqui embaixo, desta forma, você me ajuda a manter o blog atualizado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design