31 dezembro 2018

O que 2018 me ensinou?

Poucas épocas me deixam tão reflexiva quanto o Ano Novo, o fim de um ciclo e o início de outro me faz pensar em como a gente tem a vida tão mudada em um único ano, então resolvi escrever e dividir com vocês o que 2018 me deixou de lição.

O que 2018 me ensinou?


2018 começou com férias do meu antigo estágio, que eu iria perder no final de janeiro. Teve show do Criolo, teve praia sozinha, teve praia com amigos, teve conhecer o crush(💓).
Teve bloco no Carnaval com muito glitter azul; tiveram processos seletivos, com direito a choro, raiva, risos.Em março, Humberto Gessinger com direito a muito pulo e cantar até perder a voz. Em abril, vitória e agradecimento, a aqueles que me apoiaram e suportaram aqui na Terra e aqueles que estiveram por mim também no céu porque finalmente estava no meu novo emprego na empresa que sonhei. 
Minha priminha fez um ano; descobri que poderia amar e viver num eterno equilíbrio entre hamburguer e salada, tá tudo bem. 
Eu voltei a uma cidade que amo, Petropólis, na melhor companhia que poderia ter e que ficou do meu lado, em todos os momentos ruins e quando a gente não sabia que lugar era aquele quadro pintado.
Teve tatuagem nova com a minha mãe, que simboliza tudo que nós duas somos - a emoção e a razão - e ela sobreviveu. 
Vivi novamente a Oktoberfest, com praia, doces, cafés, chopp de vinho e com a melhor família que poderia ter. 
Foquei mais na minha dieta e perdi quase 10 kg de pura gordura esse ano, perdi roupas, ganhei saúde e mais auto estima. 
E então, o ano correu, era novembro e eu comemorei meus primeiros meses de trabalho em grande estilo, com festa, champanhe e chocotone.
Por fim, casei minha melhor amiga, aquela que está comigo há mais de dez anos e que fui a cupido.
Todos esses fatos foram incríveis, mas o que 2018 me ensinou não está em lembranças e fotos. Ele me ensinou que tenho poucos amigos, poucas pessoas que realmente importam, mas que todos estão ao meu lado e que posso contar com eles. Eles permanecem acreditando em mim quando eu não acredito. Quando achei que o processo seletivo não funcionar, eles continuaram acreditando. Quando eu precisava passar em Cálculo, eles estavam do meu lado, me apoiaram. 
Com isso, 2018 deixou sua maior lição: acredite mais em você, Ana Carolina, você é capaz de tudo que quiser e desejar, só permanecer acreditando em si mesma. 
Consegui passar em todas as matérias mais complicadas, consegui o emprego que desejava, consegui perder bastante gordura que me afetava. Eu consegui, só bastou acreditar e fazer o que precisava ser feito.Obrigada 2018 por essa lição.

O que 2018 ensinou para vocês?

Se vocês gostaram desse post, compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário aqui embaixo, desta forma, você me ajuda a manter o blog atualizado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design