01 outubro 2013

Resenha: Trilogia Wake: Wake -Livro 1


Para Janie, uma garota de 17 anos, ser sugada para dentro dos sonhos de outras pessoas está se tornando normal. Janie não pode contar a ninguém sobre o que acontece com ela - eles nunca acreditariam, ou pior, achariam que é uma aberração. Então, ela vive no limite, amaldiçoada com uma habilidade que não quer e não pode controlar. Mas, de repente, Janie acaba presa dentro de um pesadelo horrível, que lhe causa um imenso terror. Pela primeira vez, ela deixa de ser expectadora e se torna uma participante...


Este um livro que não esperava nada e foi no fim, uma grata surpresa.
Eu fui a biblioteca que frequento sempre pegar o livro Feios para ler, e enquanto passeava pelas prateleiras eu o vi. Já tinha o visto num vídeo da Pam, do Garota It, então eu peguei, li a sinopse e achei interessante...Agora vejamos porque o livro me surpreendeu.
O livro conta a estória de Janie, uma adolescente normal de 16 anos que entra no sonho das pessoas e que se sente excluída e perturbada em função disso. Ela tem uma melhor amiga, Carrie e uma quedinha o Cabel. Além disso, ela não conhece seu pai e sua mãe não se importa com ela.


"Ela é forçada não somente a ficar, como também a ser testemunha daquilo."


A primeira coisa que reparei assim que comecei a ler foi a ausência de informações. Quando se é leitora a anos como eu, e  já se leu diversos livros de diversos autores, você se acostuma ao fato de que alguns autores são extremamente detalhistas, daqueles que contam a cor da calcinha da protagonista, até aqueles que você não sabe de nada sobre o enredo e a trama. A autora tem uma ausência de detalhes que embora bom, por te fazer devorar o livro em busca desses detalhes, te frusta quando você não os encontra.
Janie é pessimamente descrita físicamente e emocionalmente, e a descobrimos através da pobre descrição que a autora  nos mostra.Ela é bem comum, a tipica adolescente norte-americana que se mete em furada, que tenta ser alguém e não consegue. Ela é bem corajosa e sincera, ela não esconde o que sente em momento algum, seja alegria, tristeza, raiva ou vitória. Gosto da sua curiosidade e da sua integridade.


"No entanto, quanto mais velha, com mais frequência seus colegas de classe dormem.E quanto mais crianças dormem, mais confusão trazem para Jamie."

Carrie sua melhor amiga é daquelas amigas que eu gostaria de ter. Mesmo sendo louca e inconsequente, ela é super ousada, divertida e sincera. Apoia a amiga e não exige.
Cabel é um mistério, no princípio o acho um idiota, depois um drogado e por fim alguém que já passou por muita coisa. Principalmente através do seus sonhos.


"São os paralisantes, os pesadelos que dão arrepios e tremedeiras, que estão matando."

Mesmo com tantos personagens bons e um enredo que mistura sobrenatural e mistério, ação e romance, a autora conseguiu me fazer não me apaixonar pela trama apenas pela sua forma de escrever.
O livro tem seus fatos narrados e divididos em dias e horas, e isso é muito frustante. Compreendo que o objetivo foi criar um suspense, uma necessidade de ler, ler e ler, mas isso com o tempo te irrita, porque destrói o seu fluxo de leitura.
A ausência de detalhes na narração foi outra coisa que me irritou, algumas coisas aconteceram do nada, como o envolvimento de Camel e Janie, Janie controlando seu dom, e outras coisas. Não há uma progressão nos fatos, apenas uma enxurrada de informações entregues de forma cruel e direta.
O livro é bom, não apenas pelos personagens mas também pela proposta.
Lerei em breve sua continuação.


"As coisas ruins nunca passam. E não é culpa de ninguém."


6 comentários:

  1. Ainda não tenho esse book, mas já tivei curiosidade de ler.
    Ahhh!Falando em leitura, convido para ler "Feitiço" meu livro publicado pela Novo Conceito!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/
    http://lizajoneslivros.wix.com/lizajones

    ResponderExcluir
  2. Muito legal da sua parte opinar bastante sobre o livro, sem ser uma resenha "seca"
    Adorei o blog!
    To te seguindo :D

    Beijos

    http://paginaseamores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabéns pelo cantinho.
    Gostaria de te convidar para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir ou curtir a fanpage também,será muito bem vinda!

    http://emcasademaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana,
    tudo bem?
    Não conhecia essa história. Embora tenha poucos detalhes, como você gostou tanto e se surpreendeu, acho que darei uma chance. Anotada a dica.
    Beijos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana, tudo bem?

    Eu li esse livor e estou bem curiosa quanto a continuação!

    Tô contigo nesse aspecto dos detalhes, senti falta de algumas explicações no começo da leitura, ainda mais pq. a história é MUITO diferente não é? Então demora para que possamos compreender sobre o que estamos lendo, por causa disso eu demorei bastante para engrenar na leitura, só que depois foi tudo muito fácil e o final, UAU, nunca imaginaria que a trama seguiria para esse rumo.

    Beijos

    Pah, Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
  6. Nossa eu não conhecia este livro... tipo assim gostei muitoooo mais pela sua resenha vc mencionou falta de detalhes que eu acho que quando não tem isto em um livro e considerado pobre... Mais de qualquer forma mi deu vontade de ler...
    Parabéns suas resenhas são ótimas... *-*

    ResponderExcluir

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design